Padrões elevados desde os pescadores até à mesa

A herança da Noruega está no mar. As nossas tradições estão ligadas ao oceano, pelo que desenvolvemos um respeito profundo por tudo o que nele habita. O nosso sistema de gestão de pescas é reforçado por um plano a longo prazo que se baseia em regulamentações rigorosas. A Noruega impôs há 25 anos uma proibição de devoluções, e orgulhamo-nos de afirmar que praticamente não existem casos de pesca de bacalhau ilegal, não declarada ou não regulamentada nas nossas águas.

Cuidados e perícia

Fisherman standing in the door of the wheel house

A pesca é um ofício real na Noruega, pelo que trabalhamos muito para assegurar que o nosso produto é de elevada qualidade. A Noruega foi um dos primeiros países a introduzir um sistema de rastreio dos peixes. Agora podemos saber de onde vem cada peixe e controlar a respetiva saúde.

Como membro do Espaço Económico Europeu, a Noruega é obrigada a cumprir as regras da UE no que diz respeito à segurança e produção alimentar. Os nossos processos de garantia de qualidade incluem:

Two men controlling cod

Muita atenção

Toda a cadeia de produção de peixe e marisco é monitorizada em nome da Autoridade Norueguesa de Segurança Alimentar. A nossa abordagem rigorosa à segurança alimentar assegura que cada uma das nossas fábricas de processamento cumpre as normas nacionais e internacionais.

Pode descobrir mais sobre as outras instituições responsáveis pela proteção da segurança do peixe e marisco noruegueses aqui.

Women packing fish

Autocontrolo

As fábricas de processamento da Noruega têm de cumprir uma série de procedimentos de autocontrolo. Estes procedimentos incluem:

  • Métodos de análise de risco e pontos de controlo crítico (HACCP), ambos reconhecidos internacionalmente.
  • Documentação da higiene na produção e rotinas de desinfeção adequadas.
  • Monitorização de bactérias relevantes nas instalações e nos produtos.
  • Inspeções independentes em fábricas e instalações de processamento locais, bem como em farinhas e rações à base de peixe.

Todas as verificações são exaustivas e, se os produtos não cumprirem os critérios verificados, não saem da fábrica.

Landscape: sea and mountains in the background

Pureza da água

Estamos muitíssimo orgulhosos das águas frias e cristalinas da Noruega, onde reside o nosso delicioso bacalhau. O Instituto Norueguês de Investigação Marinha (IMR) verifica regularmente a presença de contaminantes no Mar de Barents, no Mar da Noruega e nas zonas abertas do Mar do Norte.

Estes dados incluem amostras de água do mar, sedimentos e BIOTA marinhos, a monitorização de contaminantes radioativos na água do mar e nos sedimentos, e a análise de hidrocarbonetos aromáticos policíclicos (HPA) nos sedimentos.

Nifes-logo

Instituto Nacional de Nutrição e Investigação de Peixe e Marisco

O NIFES é um instituto de investigação independente que abrange toda a cadeia alimentar, desde os recursos de rações aos efeitos na saúde do consumo de peixe e marisco. A investigação inclui:

  • Estabelecer a melhor composição possível de rações.
  • Estudar o marisco na nutrição humana e respetivos efeitos.
  • Monitorizar componentes indesejados.

O NIFES age como conselheiro do governo em questões relacionadas com a cadeia de produção de marisco, e responde diretamente ao Ministério do Comércio, Indústria e Pescas da Noruega.

É bom saber

A Agência Norueguesa de Normas Alimentares publicou recentemente algumas orientações relativamente ao termo "fresco". Agora, só é aceitável descrever "peixe que foi mantido frio sobre gelo" como fresco – não o peixe que foi congelado. A indústria norueguesa do peixe e marisco tem duas etiquetas de qualidade para o bacalhau: bacalhau fresco da Noruega e Skrei. Pode saber mais sobre cada uma delas visitando as respetivas páginas dedicadas.

Bacalhau fresco

Pode saber mais sobre a melhor forma de conservar o bacalhau fresco da Noruega aqui.