Saboreie bacalhau da Noruega à confiança

As pescarias norueguesas são geridas de forma sustentável e, como resultado, têm a maior quota de certificações ambientais do mundo. O nosso bacalhau não só tem as certificações MSC e KRAV como também conta com o apoio fundamental do World Wildlife Fund. 

MSC logo

Conselho de Proteção Marinha

A certificação das pescas e o rótulo ecológico do Conselho de Proteção Marinha (MSC) reconhece e recompensa a pesca sustentável. A Noruega tem a proporção mais elevada de pescarias com certificação MSC do mundo – 100% do nosso bacalhau do Atlântico Nordeste é certificado. É por isso que as nossas águas gélidas e límpidas são o lar da maior reserva de bacalhau sustentável do mundo.

KRAV logo

KRAV

A KRAV é fundamental no mercado orgânico da nossa vizinha Suécia. As pescarias com certificação KRAV têm de ter padrões orgânicos para receber o selo KRAV: um ambiente saudável e natural; bons cuidados dos animais; boa saúde; e responsabilidade social. Todo o bacalhau da Noruega do Mar de Barents e do Mar da Noruega foi galardoado com o selo KRAV.

United Nations logo

Nações Unidas

Em 2007, um instituto de investigação e grupo de reflexão independente levou a cabo um inquérito para descobrir a forma como as nações pesqueiras lidam com os desafios apresentados pela pesca ilegal, peixe não registado e peixe não declarado. Também se debruçou sobre as regras de governo das Nações Unidas relativas às práticas de pesca responsável. A conclusão? Temos o prazer de anunciar que a Noruega foi classificada como líder mundial na gestão de pescas.

O sistema de segurança alimentar

Como segundo maior exportador mundial de peixe e marisco, a segurança alimentar é a nossa prioridade máxima. Na verdade, está no centro de tudo o que fazemos.

Existe uma preocupação crescente entre os consumidores e indústrias mundiais relativamente à segurança alimentar. Para responder a esta procura de informação, desenvolvemos um sistema completo abrangente para assegurar o bem-estar de todas as partes, desde os pescadores ao consumidor. 

Autoridades políticas

Gestão de risco
Definição de níveis de proteção

Autoridade Norueguesa de Segurança Alimentar

Gestão de risco

O Comité Científico Norueguês para a Segurança Alimentar

Avaliações de risco

Instituições de conhecimento

Avaliações de risco e conselhos
Instituto Nacional de Nutrição e Investigação de Peixe e Marisco (NIFES)
Instituto Nacional de Veterinária
Instituto Norueguês de Saúde Pública
Instituto de Investigação Marinha (IMR)
Conselho Norueguês de Exportação de Pescas (NSEC)

Laboratórios

Análises

A cooperação entre estas instituições permite-nos dividir e analisar todo o processo de produção de peixe e marisco. Ao implementar este sistema de segurança de peixe e marisco, podemos assegurar peixe e marisco sustentável e de qualidade, permanentemente.

Os nossos avais e certificações

The Norwegian Ministry of Trade, Industry and Coastal Affairs

Ministério do Comércio, Indústria e Pescas (MTIF) da Noruega

O que fazem: Desenvolver regulamentos e assegurar o cumprimento

O Ministério do Comércio, Indústria e Pescas da Noruega gere toda a indústria das pescas e aquicultura, incluindo os portos e as infraestruturas de transporte marítimo. A autoridade forma políticas consistentes para a proteção dos recursos marinhos e dedica-se empenhadamente à segurança do peixe e marisco noruegueses.

O MTIF define regras e regulamentos e efetua a gestão de riscos. A elevada qualidade e a segurança dos alimentos para os consumidores globais são asseguradas pelo MTIF, garantindo:

  • Um ambiente marinho seguro;
  • Gestão de qualidade em todas as etapas da cadeia alimentar;
  • Interação com consumidores; e
  • Cooperação internacional para partilha de experiências e investigação científica.

Autoridade Norueguesa de Segurança Alimentar (NFSA)

O que fazem: Implementação de regulamentos e realização de gestão de riscos do fiorde até à mesa

Sob a alçada direta do MTIF, a NFSA assegura que os consumidores recebem peixe e marisco saudáveis e seguros, unindo diferentes aspetos da cadeia alimentar. Implementam regulamentos de segurança seguindo padrões nacionais e internacionais.

A NFSA trabalha com o Instituto Nacional de Nutrição e Investigação de Pescas para efetuar a gestão de risco, avaliações de risco e comunicação de risco. Este sistema de qualidade é aparente tanto no bacalhau da melhor qualidade que fornecemos como no sistema de auto-verificação. Em cada fase de produção o rastreio é a chave.

Norwegian Food Safety Authority logo
NIFES logo

Instituto Nacional de Nutrição e Investigação de Peixe e Marisco (NIFES)

O que fazem: Avaliação de risco

O NIFES é um instituto de investigação independente que monitoriza toda a cadeia alimentar. A sua investigação não se foca só na produção de filetes de boa qualidade, mas também nos efeitos do peixe e marisco na nutrição humana.

O NIFES age como conselheiro do governo norueguês. Responde diretamente ao Ministério do Comércio, Indústria e Pescas da Noruega no que diz respeito a todas as áreas da cadeia de produção de peixe e marisco. Devido à vigilância abrangente, a segurança do peixe e marisco noruegueses é avaliada continuamente.

Conselho Norueguês da Pesca (NSC)

O que fazem: Fornecimento de informações de segurança e marketing

O NSC funciona como organização de marketing abrangente para a nossa indústria do peixe e marisco. É um organismo de consultoria para o Ministério do Comércio, Indústria e Pescas da Noruega.

O objetivo do conselho é aumentar o interesse global pelo peixe e marisco noruegueses. Para tal, comunicam ativamente com instituições de investigação públicas e privadas, com a indústria do peixe e marisco e com os consumidores, fornecendo ao público informações relevantes e precisas sobre peixe e marisco.